sábado, 27 de novembro de 2010

O que consiste em temor

O medo te atrapalha claramente a ver o mundo. O maior inimigo do homem, se chama: medo.
Consiste em algo que não pode-se explicar, é dominável, é totalmente desprezível, mas faz - toda diferença - na vida de alguém. O medo não te deixa ver simples oportunidades plausíveis. O medo não lhe deixa encarar desafios, o medo te aprisiona, te encara, te odeia.
Lhe quer destruir, como um monstro, quer que você o tema. Quer que você tenha medo, assim, tendo medo de tudo. O medo é o oposto do amor. O medo destrói, o amor constrói. Que fato, vanglorioso, quem diria, medo e amor na mesma linha. Um destrói o outro, o amor não desiste e o medo insiste. O medo vêm tentando apagar o quanto amor existe, então, teme por não existir amor. De forma trapaceira o medo vence, trazendo em mente a falta de amor. Mas, somente o verdadeiro amor, lança fora - todo medo.

17 comentários:

gabriela marques. disse...

E o medo de acreditar que exista o verdadeiro amor?
O medo sou eu, sou inteira medo. Não dou um passo sem temer as consequências.
Mas o medo é bom, creio eu. O medo nos faz lembrar que nada na vida é em vão. Nos faz parar pra pensar, pelo menos a mim, que nem tudo pode dar certo.

Um imenso beijo.
Espero que autorizem sua participação também.
Boa sorte e um ótimo final de semana a você.

Blog da Fofa disse...

Nossa, que lindo e poético. É natural do ser humano sentir medo, e amar. As vezes, o medo vem de traumas de outros amores. A gente se entrega tanto a um amor e de repente não é correpondido e acaba vivendo um amor platônico. Daí, nosso inconsciente nos alerta que podemos sofrer quando nos entregamos plenamente. Minha essência é o amor. Amo amigos animais, família. Amo pessoas. E nunca tenho medo ed me entregar, mas as pessoas têm. Sempre saio machucada. Lindo post. Parabéns

Ana Clara Q. Silva disse...

Gabriela Marques, amei seu texto. Parabéns!
Nossa, obrigada, tomara mesmo :D

Blog da fofa, verdade, é natural sentir medo, mas é algo covarde, acho que temos que ser inconsequentes neste aspecto, acho que não devemos temer, afinal tudo é momento, é passageiro. E quanto a ter medo do homem, é mera tolice, afinal, porque ter medo do homem, que se te mata não leva sua alma? Temos que pensar em coisas assim. Obrigada pelo comentário =)

skitnevsky disse...

eu comecei a ler em voz alta e continuei. isso me causou até arrepios, o que indica o quão interessante me foi a leitura. O uso das palavras certas, talvez nem tão organizadas, mais muito pensadas. Adorei sua filosofia... De verdade, meus parabéns!
Não é sistema de marketing, mas da uma olhada no meu blog, acho que você vai gostar. Não, eu nao mando isso pra todos hauhau

Ana Clara Q. Silva disse...

Skitnexsky, nossa, seu comentário me surpreendeu, sinceramente... Não esperava ouvir, digo, ler algo assim, uma crítica como esta. Obrigada ;)

Ana disse...

Nossa, outro dia ia escrever sobre o medo no meu blog mas acabei deixando passar esse tema. Mas o enfoque que eu pretendia dar era do lado bom do medo. Foi pelo medo que o homem conseguiu chegar até os dias de hoje. É pelo medo que o homem se precavê e desde a antiguidade tenta se proteger. O medo foi o combustível. Mas pela sua temática um pouco mais introspectiva gostei tbm. O medo muitas vezes é ruim, nos impedindo de ser quem somos por alguma razão. Parabéns pelo post!

Ana Clara Q. Silva disse...

Ana, cada um tem uma visão. Na minha opinião (espero te-la expressado bem), o medo é o oposto do amor, o medo é o inimigo, é tudo de ruim. Pra mim, não há nada de construtivo na palavra nem no sentido de: medo.
Valeu pelo comentário, e obrigada flor ;)

Isabel Serra (: disse...

Ah' gostei muito *-* Realmente, "O medo destrói, o amor constrói." e quem se deixa levar por um simples medo acaba destruindo além de amor, sonhos que se tornaram incapazes de receber qualquer tipo de atençao (:
Obrigada pelo comentário
http://euaprendique.blogspot.com/

Ana Clara Q. Silva disse...

Obrigada você viu? ;*

Marcos Aquino disse...

Medo é o sentimento dos fracos. Somos todos fracos.

Aandy82' disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Aandy82' disse...

É exatamente o que eu estou passando agora, nossa.

Adorei mesmo, você escreve bem.

http://noitesdeumveaoqualquer2.wordpress.com/

Ana Clara Q. Silva disse...

Valeu pelos comentários =)

Lenivaldo Silva disse...

Gostei heim...
O medo muitasvezes nos impede de que subamos grandes degraus. Assim como nos impede que possamos pular do abismo. Medo também carrega seu lado positivo, difícil é saber quando.

Elmo Freitas disse...

Mas é o medo que nos dá coragem... dualidades, é assim que o universo é regido...

Parabéns pelo blog

Ana Clara Q. Silva disse...

Obrigada pelos comentários ;)

Afonso Travassos disse...

eu acho que o medo as vezes é um mal necessário, entre tanto tem horas que de nada vale o medo além de não deixar você aproveitar certas coisas da vida :)

Postar um comentário

Se você leu, gostou ou não, preciso de sua opinião! :*