sábado, 21 de agosto de 2010

Não posso te dar muito, sinto muito.


Por favor não me julgue. Acredite, existe alguém aqui, dentro de mim se sentindo muito mal. Não posso falar tudo que sinto, porque sinto que isso seria insuficiente para você. Olha, não sei quem pensa que é, mas sei que "aquela mulher" não posso ser pra você. Não posso te dar o céu nem as estrelas, toda a imensidão, o sol, um lindo dia, um sorriso perfeito. Eu tentei te dizer você não quis escutar, não sou aquele poço de alegrias, não nada demais. Sei bem que não posso te oferecer muita beleza nem toda a natureza, tudo quanto é formoso não pertence a mim. Não posso te dar um momento ímpar, um lugar especial, talvez um beijo essencial. Não posso te oferecer muito, nem algo em conjunto, talvez um olhar. Pode não ser suficiente e pode acabar. Tudo que eu tenho talvez é muito pouco para o que podes dar. Eu sei, podes não se contentar. Me perdoe, não me culpe, sinto muito, muito mais do que você. Não sou a melhor, talvez pouco pra você. Não sou perfeita, talvez erre demais. Eu tentei dizer você não quis me escutar, agora é tarde demais. Não sou especial, talvez nem se importem comigo. Não posso te dar muito, sinto muito. Mas posso te dar o que você talvez mereça. Uma palavra que têm muito valor, posso dizer com todo amor: Adeus.

8 comentários:

PENHA''' disse...

Nossa.. adorei..
Achar quem não da valor é facil, facil demais, u-u
gostei do jeito que você escreveu *-*

Ana Clara Queiroz disse...

Que bom qe gostou ;)
Muito obrigado.

william disse...

Eu também gostei da sua escrita um tanto melancolica de inicio mas com um otimo final



http://meumundinhoinsanowill.blogspot.com/

Ana Clara Queiroz disse...

Que bom.
Já acessei!

Carbonomaniacas disse...

Awn, eu gostei.. Você escreve bem, gostei desse seu tom, um tanto intenso. Parabéns


http://twittices.blogspot.com/

Lorenna disse...

qqqqqqque lindo mew , escreve bem *-*

Luan Rodrigues disse...

Dramático demais... demais pro meu gosto.

Ana Clara Queiroz disse...

obrigada pela sua opinião ;)

Postar um comentário

Se você leu, gostou ou não, preciso de sua opinião! :*